Inglês: Verbo, substantivo ou adjetivo?

Aprender uma língua estrangeira é um ato nobre que engrandece o conhecimento próprio.

Uma das maiores reclamações que sempre ouvi de estudantes da língua inglesa é quanto a dificuldade em memorizar palavras. A vontade de expandir o vocabulário é tão grande que algumas pessoas passam horas lendo páginas e mais páginas de dicionários, na tentativa de enriquecer duas das principais habilidades que desejam desenvolver - fala e escrita.

Pensando nisso, é interessante destacar uma das inúmeras características do Inglês que pode auxiliar atuando como fator coadjuvante nesta empreitada. Isto porque dado o cenário de constante aprendizagem, é preciso que o indivíduo esteja apto a diferenciar verbos de substantivos, substantivos de adjetivos, isto é, as diferentes classes gramaticais e funções que cada palavra desempenha em um dado contexto.

Este é um dos passos iniciais para que, paulatinamente, o entendimento se torne mais claro, natural e, principalmente, ágil, aspecto de fundamental importância para o avanço intelectual próprio.

Em outras palavras, é recomendado que o estudante da língua inglesa seja capaz de distinguir o papel que cada palavra desempenha em uma dada frase.

A dificuldade em memorizar palavras novas em um idioma estrangeiro é dada pelo uso infrequente das mesmas.

No entanto, é possível ao menos amenizar as consequências desta dificuldade natural.

Para isto, o auxílio da diferenciação de palavras ocorre como ferramenta útil, já que muitas palavras desempenham a função de verbo, substantivo, adjetivo etc.

Peguemos como exemplo a palavra:

1. love

Se alguém me perguntasse:

- o que significa love?

Eu, certamente, diria:

- Depende.

E depende mesmo. Vamos dar uma olhada nos exemplos abaixo:

Ex: I love her. (verbo)

Ex: Love is in the air. (substantivo)


2. book

Ex: I have two books. (substantivo)

Ex: I have booked a table for five people. (verbo)

Saber diferenciar a função de cada palavra em situações distintas pode auxiliar na memorização das mesmas, uma vez que o conhecimento que se tem de uma palavra pode assistir na interpretação de outra similar.